Criatividade

Lisboa inovadora por Startup Portugal

Lisboa tornou-se numa capital mundial de startups. Por um lado, contamos com grandes nomes nacionais de “unicórnios” como a Farfetch e a Outsystems e centenas de empresas internacionais estabelecidas, mas por outro, são inúmeras as startups que ainda se encontram em fase de incubação, a partilhar espaços de cowork com criativos freelancers. André Rodrigues Lopes – co-fundador de uma das novas startups (Altar.io) e administrador deste grupo dedicado ao ecossistema – indica os caminhos do futuro nesta paragem final do guia.

Startup Lisboa

Rua da Prata, 80/81

No final de 2011, a Câmara Municipal de Lisboa começou esta parceria com outras empresas, que serviu como um berço para grande parte das startups. É gerida pelo João Vasconcelos, ou “minister of Startups”, como Paddy Cosgrave – co-fundador da Web Summit – gosta de chamar.

Cowork Lisboa

Rua Rodrigues de Faria, 103

É uma das razões que confirma o Lx Factory como um lugar trendy, lançado em 2010, foi um dos primeiro locais a acolher startups quando o termo ainda não estava na moda.

Second Home Lisboa

Mercado da Ribeira, Avenida 24 de Julho

Em 2016, no piso superior do renovado Mercado da Ribeira, nasceu a primeira expansão do Second Home fora do Reino Unido. As coisas parece que têm corrido bem, que já se fala na abertura de um segundo espaço.

Labs Lisboa

Rua Adriano Correia de Oliveira, 4A

Moderno, com um jardim de 1000 m2, onde cerca de 25 startups tecnológicas desenvolvem a sua actividade em áreas desde a sustentabilidade à educação.

LACS

Cais Rocha Conde de Óbidos

Uma das últimas novidades no ecossistema, o LACS aposta na criação de uma comunidade de artistas e empreendedores, que se reflete na identidade visual do espaço, com destaque para a vista impressionante do terraço.

Hub Criativo do Beato

Rua da Manutenção, 118

A Câmara Municipal de Lisboa tem demonstrado vontade de desenvolver a zona Oriental, e espera-se que este projeto seja o maior na cidade até ao momento. São 35 mil m2 que podem definir os próximos tempos em Lisboa, e o futuro da inovação em Portugal.